4 de mai. de 2020

10 dicas para manter a segurança alimentar durante a quarentena


10 dicas para manter a segurança alimentar durante a quarentena - Pauta Gastronomica

O mundo todo está praticando distanciamento social e ficando mais em casa ( pelo menos deveria), o que significa mais refeições caseiras e uma maior necessidade de manuseio, armazenamento e técnicas de cozimento adequados.

Lisa Yakas, especialista em produtos de consumo da NSF International, diz que com o auto-isolamento é importante praticar os mais altos padrões de segurança, limpeza e higiene alimentar. "Embora a ciência mais recente mostre que o coronavírus não é transmitido por alimentos, é sempre importante seguir as dicas de segurança alimentar para evitar outros riscos, como Salmonella, fermento e mofo, que podem resultar em doenças transmitidas por alimentos".

Confira 10 maneiras práticas para evitar contaminação alimentar:

1. Evite encher demais a geladeira
Pode ser tentador armazenar alimentos demais na geladeira para evitar sair de casa. Mas lembre-se de que a circulação de ar é necessária para manter os alimentos frescos. Use um termômetro para garantir que os alimentos dentro da geladeira sejam mantidos a 4 ° C ou menos. Porém ao contrário da geladeira, o freezer é mais eficiente quando mantido cheio.

2. Seja estratégico ao abastecer a geladeira
  • Designe uma gaveta ou recipiente para a carne crua descongelar na geladeira. Isso evita que os sucos contaminem outros alimentos.
  • Não armazene carne pré-cozida ou "carne" à base de vegetais ao lado de carne crua para evitar a contaminação cruzada.
  • Lave, enxágue e seque bem todos os produtos frescos antes de guardá-los.
Limpe todas as embalagens plásticas e garrafas compradas recentemente com um papel toalha e álcool a 70% antes de guardá-las. 

3. Deixe as sobras esfriarem antes de armazená-las
Você sabia que existe uma maneira segura de guardar as sobras? O passo mais importante do armazenamento adequado é não deixar as sobras ficarem em temperatura ambiente por mais de duas horas. Ao guardar as sobras, distribua os alimentos em recipientes pequenos e hermeticamente fechados e deixe os alimentos esfriarem adequadamente antes de guardá-los na geladeira.

4. Reaqueça as sobras da maneira segura
Ao reaquecer as sobras, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças recomendam permitir que os alimentos cheguem a 74 ° C. Ao usar um microondas, misture os alimentos no meio da cozedura e verifique se esquentou por completo. 

5. Fique atento ao tempo de consumo das sobras
A regra geral para as sobras armazenadas na geladeira é consumi-las dentro de três a quatro dias. Se você não planeja comer sobras imediatamente, considere congelá-las. As sobras podem ser armazenadas no freezer por dois a três meses. Dica: rotule os recipientes com a data em que foram armazenados para que você saiba quando descartar.

6. Descongele os alimentos congelados da maneira certa
Descolgele dentro da geladeira. Coloque o alimento em um recipiente para armazenar o suco e evitar que contamine outros. Esse processo não deve durar mais que 5h;
Colocar em água fria. Se você colocar os alimentos congelados na água, troque a água a cada 30 minutos para evitar que os alimentos fiquem muito quentes. Use este método apenas se você planeja cozinhar os alimentos imediatamente depois;
Descongele ou descongele no microondas. Você também deve usar esse método apenas se planejar cozinhar os alimentos imediatamente depois. Siga as instruções do seu micro-ondas ou use a configuração de degelo.
Lembre-se de nunca descongelar os alimentos na bancada ou em temperatura ambiente, pois isso pode causar temperaturas desiguais em todo o alimento.

7. Preste muita atenção às datas de vencimento
Com muito mais comida enlatada em casa, observe atentamente as datas de vencimento e não consuma nada após essas datas.

8. Entenda a diferença entre limpeza e desinfecção
A limpeza é o processo de remover o solo, germes e sujeira de uma superfície. Desinfetar é o processo de usar produtos químicos para matar microorganismos que estão na superfície, que é a principal prioridade à medida que o vírus COVID-19 se espalha. Uma maneira de fazer isso é usar álcool a 70%. Outra opção é usar uma solução com uma colher de sopa de alvejante doméstico sem perfume em um litro de água. 

9. Envolva toda a família na limpeza de superfícies de alto toque
Está tendo dificuldades para manter seus filhos ocupados durante os dias escolares remotos? As crianças são excelentes ajudantes na higienização do lar. Envolva-os no em um desafio: higienizar bancadas, puxadores de geladeira, puxadores de armários de cozinha, puxadores de torneira, botões / painéis de aparelhos e interruptores de luz. 

10. Lave as mãos
E, como sempre, uma das maneiras mais fáceis de impedir a propagação de germes é lavar as mãos adequadamente. "Como o número de casos de COVID-19 continua a aumentar em todo o mundo, é importante manter o foco nas coisas que você pode controlar", acrescenta Yakas. "Segurança, limpeza e higiene alimentar em sua casa são tudo o que você tem 100% de controle e ajuda a garantir a saúde e a segurança de você e seus entes queridos."





• Posts Relacionados •

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

PAUTA GASTRONÔMICA
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL